A.K. Paul: “Be Honest”


Dono de um repertório bastante enxuto, o guitarrista, cantor e produtor A.K. Paul pegou muita gente de surpresa quando, há poucos meses, deu vida à inédita Hungry Beat. Típica criação do músico britânico, a faixa estabelece na economia dos arranjos e propositado diálogos com a obra de Prince um importante componente criativo. Satisfatório perceber na recém-lançada Be Honest, mais recente lançamento do artista, uma extensão desse mesmo direcionamento criativo. Instantes em que o multi-instrumentista parece brincar com a sobreposição dos arranjos, batidas e vozes.

Irmão do também produtor Jai Paul, artista que lançou no último ano a versão definitiva para o cultuado álbum vazado em 2013, A.K. Paul passou os últimos anos colaborando com uma série de nomes da cena britânica. De Jessie Ware a Sam Smith, de NAO a Mura Masa, sobra encontros bem-sucedidos do músico que parece brincar com o uso de ambientações caseiras, ruídos e criações rústicas. O último do compositor foi a ótima Landcruisin, faixa que transita por entre gêneros de forma sempre autoral, dialogando com o trabalho de nomes como Miguel e Blood Orange.



A.K. Paul – Be Honest