Andy Stott: “Selfish’

.

 

Em Too Many Voices (2016), Andy Stott parece seguir um caminho bem diferente em relação aos dois últimos álbuns de estúdio, Luxury Problems (2012) e Faith in Strangers (2014). Depois do material levemente “dançante” que foi apresentado há poucas semanas pelo produtor britânico em Butterfly, uma parceria com o coreógrafo Rafael Chinx Martin, em Selfish, mais recente criação de Stott, são as batidas e temas experimentais que ditam as regras da canção.

Difícil não lembrar da coleção de batidas e ruídos sujos apresentados pelo produtor em We Stay Together e Passed Me By, ambos EPs lançados em 2011. São vozes, bases, ruídos abafados e beats que transportam o ouvinte para diferentes cenários, como se diversas composições fossem amarradas dentro de uma única faixa. Além das duas canções já apresentadas pelo produtor, Too Many Voices reserva ao público outras sete músicas inéditas.

Too Many Voices (2016) será lançado no dia 22/04 pelo selo Modern Love.

.

Andy Stott – Selfish

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend