Arca: “@@@@@”


Quem conheceu o trabalho de Arca durante o lançamento do homônimo registro de 2017 – 8º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais –, provavelmente deixou passar uma seleção de obras marcadas pelo completo experimentalismo da produtora. São trabalhos como &&&&& (2013), Xen (2014) e Mutant (2015) que convidaram o ouvinte a se perder em um universo de pequenas incertezas e fórmulas pouco usais. Um criativo conjunto de ideias que volta a se repetir com a chegada de @@@@@ (2020), mais recente (e estranha) criação da artista venezuelana.

Primeiro grande lançamento de Arca desde o trabalho como produtora nos últimos discos de Björk e Kelela, a extensa criação se espalha em um intervalo de mais de 60 minutos de duração. São camadas de ruídos, vozes picotadas e ambientações metálicas, como uma extensão natural de tudo aquilo que a artista tem produzido desde o insano &&&&&. O trabalho foi escolhido justamente para anunciar a série de apresentações do DIVA EXPERIMENTAL, performance ao vivo comandada pela venezuelana. O extenso vídeo da canção foi dirigido por Frederik Heyman. Assista:



Arca – @@@@@