Arcade Fire: “Afterlife”

Arcade Fire

.

Caso o Arcade Fire tivesse mantido a versão do Lyric Video para o clipe oficial de Afterlife, seria pouco provável que alguém viesse a reclamar. Afinal, o toque suingado que carrega a canção, além da natural aproximação estética de Reflektor (2013) com os elementos da cultura latina, se relacionam de forma assertiva com a proposta visual que define o filme Orfeu Negro (1959), escolhido para representar a faixa inicialmente. Entretanto, aos comandos da diretora e roteirista canadense Emily Kai Bock, a banda resolveu ir ainda mais longe. Focado em três gerações/homens de uma mesma família, o projeto discute os sonhos, medos e desejos de cada um deles, se fragmentando em um cenário dividido durante todo o tempo entre o onírico e o real. Com quase oito minutos de duração, a inserção de pequenos diálogos e o manuseio cuidadoso das câmeras por diferentes cenários, o registro mais parece um bem resolvido curta, do que um simples videoclipe.

.


Arcade Fire – Afterlife