As Melhores Capas de 2020


Cores, texturas, fotografias, ilustrações e diferentes possibilidades criativas. Junto da rica seleção de obras que abasteceu a produção musical nos últimos meses, surgem diferentes projetos gráficos marcados pelo completo esmero, delicadeza e caráter provocativo de seus realizadores. Alguns, evidenciam um minucioso processo de composição das imagens, seleção dos figurinos, cenários e todo um vasto aparato visual, já outros, utilizaram do período de isolamento como um importante componente de inspiração. São trabalhos que vão do rock ao pop, da eletrônica ao R&B tornando o ano de 2020 ainda mais interessante visualmente. Relembre algumas delas:


Arca: KicK i


Bambara: Stray


Cadu Tenório: Monument For Nothing


Charli XCX: How I’m Feeling Now


Chloe x Halle: Ungoldy Hour


Cut Copy: Freeze, Melt


Denai Moore: Modern Dread


Desire Marea: Desire


Djonga: Histórias da Minha Área


Duma: Duma


Duval Timothy: Help


Eartheater: Phoenix: Flames Are Dew Upon My Skin


Gabriel Garzón-Montano: Agüita


Grimes: Miss Anthropocene


Haim: Woman In Music Pt. III


Jessie Ware: What’s Your Pleasure?


Jessy Lanza: All The Time


Josyara & Giovani Cidreira: Estreite


Julico: Ikê Maré


Kehlani: It Was Good Until It Wasn


Kelly Lee Owens: Inner Song


Kiko Dinucci: Rastilho


Lady Gaga: Chromatica


Lido Pimienta: Miss Colombia


Linn da Quebrada: Pajubá Remix II


The Microphones: Microphones In 2020


Moses Sumney: Grae


Naeem: Startisha


Olívia de Amores: Não É Doce


Oneohtrix Point Never: Magic Oneohtrix Point Never


Phoebe Bridger: Punisher


Rina Sawayama: Sawayama


Sevdaliza: Shabrang


Tagua Tagua: Inteiro Metade


Tame Impala: The Slow Rush


Tantão e os Fita: Piorou


Tarda: Futuro


Tatá Aeroplano: Delírios Líricos


Teyana Taylor: The Album


Waxahatchee: Saint Cloud


The Weeknd: After Hours

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.