""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Beach House

Beach House
Dream Pop/Lo-Fi/Indie
http://www.myspace.com/beachhousemusic

Em meio a grandes lançamentos como Return To Cookie Mountain (TV on The Radio), Silence Shout (The Knife), Yellow House (Grizzly Bear) e Carnavas (Silversun Pickups) uma dupla brilhava discretamente com seu disco de estreia no ano de 2006. A dupla em questão era formada pela francesa Victoria Legrand e o norte-americano Alex Scally os responsáveis pela então desconhecida Beach House. Muitos fecharam os olhos para o duo que se escondia atrás de espessas camadas de teclados, órgãos e esparsas guitarras, os mais atentos vislumbraram ali o nascimento de algo inovador.

De fato o trabalho homônimo do Beach House é extremamente inacessível. O álbum segue com uma levada quase idêntica em suas nove faixas, além de se afundar em uma atmosfera obscura, melancólica e que indispõem de singles ou faixas mais acessíveis. Porém, após ouvir o disco pela primeira vez você se sentia estranhamente incumbido a experimentá-lo mais uma vez, e outra, e mais outra. A musicalidade dream pop gerada no disco vai te encantando lentamente e de repente o álbum que antes parecia esquizofrênico e difícil parece tão pop e acessível quanto qualquer outro lançamento. A voz de Legrand sempre submersa em ecos adentra a sua mente e parece se recusar a sair.

Dois anos após a estreia, a dupla lançava seu segundo disco o também obscuro Devotion. A voz suave da vocalista, os teclados e órgãos sombrios e as massas sonoras, tudo estava lá. Contudo o álbum é muito mais acessível que o disco que o antecede, chegando a soar até mesmo mais limpo e audível. Algumas canções como Wedding Bell, Gila e Turtle Island são incrivelmente de fácil assimilação contando inclusive com refrões pegajosos, claro, tudo dentro dos limites “pop” da dupla. A opção por uma musicalidade mais aberta no segundo disco do duo seria apenas um teste para o que viria no trabalho seguinte do Beach House.

Teen Dream é o disco mais estranhamente encantador de 2010. Tudo nele soa perfeito e se encaixa com precisão. Os vocais agora límpidos de Victoria Legrand, os pianos, órgãos e guitarras dream pop de Alex Scally são a mostra de um experimentalismo pop quase radiofônico, até a bateria quase inexistente nos dois discos anteriores, aqui ganha maior destaque. Já na abertura do álbum somos presenteados com uma tríade insuperável de Zebra, Silver Soul (com seu refrão “It is happening again” executado em looping) e Norway. Se até aí você já não se encantar com o disco Walk In The Park com seus teclados quase alegres e a voz de Legrand ecoando quase aos berros vai te derrubar.

Ao exemplo de discos como Merriwather Post Pavilion do Animal Collective, Veckatimest do Grizzly Bear ou o mais recente Before Today do Ariel Pink’s Haunted Graffiti o Beach House lança o álbum mais comercial de sua curta discografia. A prova de que música experimental é sim necessária, porém só quando ganha contornos pop atinge seu ápice.

Beach House (2006)

  1. “Saltwater”        2:55
  2. “Tokyo Witch”                  3:42
  3. “Apple Orchard”             4:31
  4. “Master of None”          3:19
  5. “Auburn and Ivory”       4:30
  6. “Childhood”      3:35
  7. “Lovelier Girl”  3:02
  8. “House on the Hill”        3:14
  9. “Heart and Lungs”          7:50

Nota: 8.5
Para quem gosta de: Grizzly Bear, Deerhunter e Joanna Newsom
Ouça: Apple Orchard

Devotion (2008)

  1. “Wedding Bell”                3:55
  2. “You Came to Me”         4:05
  3. “Gila”    4:46
  4. “Turtle Island”                  4:00
  5. “Holy Dances”                  4:19
  6. “All the Years”                  3:36
  7. “Heart of Chambers”    4:25
  8. “Some Things Last a Long Time” 2:32
  9. “Astronaut”       5:05
  10. “D.A.R.L.I.N.G.”               3:18
  11. “Home Again”                  4:09

Nota: 9.0
Para quem gosta de: Grizzly Bear, Deerhunter e Joanna Newsom
Ouça: Turtle Island

Teen Dream (2010)

  1. “Zebra”               4:48
  2. “Silver Soul”      4:58
  3. “Norway”           3:54
  4. “Walk in the Park”          5:22
  5. “Used to Be”     3:58
  6. “Lover of Mine”              5:06
  7. “Better Times”                 4:23
  8. “10 Mile Stereo”             5:03
  9. “Real Love”        5:20
  10. “Take Care”       5:48
  11. “Baby”                2:59

Nota: 9.5
Para quem gosta de: Grizzly Bear, Deerhunter e Joanna Newsom
Ouça: Silver Soul

Veja também:


0 thoughts on “Beach House

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend