Beirut: “Gallipoli”

 

Em uma clara tentativa de se reinventar e produzir um som cada vez mais voltado à música pop, Zach Condon acabou fazendo de No No No (2015) o trabalho menos interessante de toda a discografia do Beirut. Salve exceções, como Gibraltar e Perth, pouco do material entregue no quarto álbum de inéditas da banda norte-americana parece capaz de despertar a atenção do ouvinte e preservar o mesmo cuidado de obras como The Flying Club Cup (2007).

Satisfatório perceber na recém-lançada Gallipoli um parcial regresso ao mesmo universo criativo que marca os primeiros registros autorais do Beirut. Faixa-título do novo álbum de inéditas da banda, a canção de atmosfera caseira ganha forma aos poucos, revelando melodias e vozes empoeiradas, como um diálogo de Condon com o passado, além, claro, de elementos da música produzida na Itália, onde parte expressiva do novo disco foi concebida.

 

Gallipoli

01 When I Die
02 Gallipoli
03 Varieties Of Exile
04 On Mainau Island
05 I Giardini
06 Gauze fur Zah
07 Corfu
08 Landslide
09 Family Curse
10 Light In The Atoll
11 We Never Lived Here
12 Fin

Gallipoli (2019) será lançado em 1/2 via 4AD.

 

Beirut – Gallipoli


Send this to friend