Beirut: “No No No”

.

Já estava na hora de Zach Condon aparecer com alguma novidade do Beirut. Passados seis anos desde as transições eletrônicas iniciadas nos EPs March of the Zapotec/Holland (2009) e seguidas dentro do terceiro registro de inéditas do compositor, The Rip Tide (2011), a inédita No No No não apenas garante passagem para o quarto álbum de estúdio da banda do Novo México, como ainda reforça as preferências “sintéticas” em torno do projeto.

Enquanto a inicial programação eletrônica aponta a direção da faixa, a sequência de sintetizadores e metais logo transporta o ouvinte para o mesmo “cenário de Leste Europeu” explorado com detalhismo nos dois primeiros discos da banda – Gulag Orkestar (2006) e The Flying Club Cup(2007). Escolhida para apresentar o novo álbum, No No No é a primeira das nove canções que recheiam o trabalho. A sutileza da faixa também se repete na imagem escolhida como capa para o disco (imagem acima).

No No No (2015) conta com lançamento previsto para o dia 11/09 pelo selo 4AD.

.

Beirut – No No No