Benjamin Clementine: “Cornerstone”

Benjamin Clementine

.

É difícil não se emocionar com o trabalho atento de Benjamin Clementine. Na contramão de outros artistas britânicos que encontram nas batidas um salto criativo para orquestrar a música negra atual, o cantor e compositor londrino firmar no manuseio preciso dos pianos a base e a essência para transformar Cornerstone em um exemplar hipnótico de pura dor e confissão. Com vocais pontuados de forma natural pela grandeza, o artista se divide entre a comoção tímida de Antony and The Johnsons e o desespero épico de Fiona Apple em The Idler Wheel (2012), efeito que parece prolongado no decorrer da canção. Essencialmente melancólica, a faixa, quase um brinde à solidão, é a base para o novo EP do compositor, trabalho de três faixas que repetem a mesma amargura exposta com honestidade na faixa-título.

.


Benjamin Clementine – Cornerstone