Big Thief: “Cattails”


Se em Capacity — 26º colocado em nossa lista dos 50 Melhores Discos Internacionais de 2017 —, os integrantes do Big Thief pareciam apontar para a década de 1990, dialogando com o trabalho de nomes como Death Cab For Cutie e Elliott Smith, com a chegada de U.F.O.F. (2019), terceiro álbum de estúdio da carreira, o direcionamento é outro. Como indicado durante o lançamento da faixa-título do álbum, entregue há poucas semanas, o grupo norte-americano parece beber de novas referências, mergulhando no som produzido entre os anos 1960 e 1970.

Perfeita representação dessa parcial mudança de direção assumida pelo Big Thief toma conta da recém-lançada Cattails. Produzida durante um período de forte isolamento da banda dentro de estúdio, a canção encontra em camadas acústicas e inserções detalhistas um evidente ponto de transformação na carreira do quarteto formado por Buck Meek, Max Oleartchik, James Krivchenia e Adrianne Lenker, essa última, também responsável pelo ótimo Abysskiss — 42º colocado em nossa lista dos 50 Melhores Discos Internacionais de 2018.

U.F.O.F. (2019) será lançado em 3/5 via 4AD.


Big Thief – Cattails