Björk: “Blissing Me (serpentwithfeet Remix)” / “Blissing Me (Harp Version)”

 

Uma das composições mais delicadas do 9º álbum de Björk, Utopia (2017), Blissing Me foi justamente a canção escolhida para se transformar musicalmente, revelando ao público duas novas versões. Na primeira delas, um encontro musical com o cantor e compositor norte-americano Josiah Wise, artista responsável pelo Serpentwithfeet, projeto de R&B/soul experimental fortemente influenciado pelo trabalho da artista islandesa, vide o álbum Blisters (2016).

Na segunda versão da mesma faixa, um novo enquadramento criativo. Onde antes borbulhavam flautas, ruídos e outros fragmentos eletrônicos, agora surgem melodias etéreas tecidas unicamente por harpas e a voz forte de Björk. A letra permanece intocada, revelando ao público a história de dois nerds apaixonados por música – “Ele lembra o amor em mim / Estou comemorando em um mar viral / Enviando MP3 / Apaixonanda com uma música”.

 

Björk – Blissing Me (serpentwithfeet Remix) / Blissing Me (Harp Version)