Ouça | Bon Iver: “Blood Bank EP (10th Anniversary Edition)”


Último resquício de Bon Iver em sua fase acústica e princípio de toda uma sequência de obras marcadas pelo experimentalismo dos elementos, Blood Bank (2009) acaba de ser relançado por Justin Vernon. Grande realizador do projeto, o cantor e compositor estadunidense decidiu não apenas preservar as quatro músicas originais do EP, como apresenta quatro interpretações ao vivo do material. O destaque acaba ficando por conta da bem-sucedida e já conhecida performance de Woods, no Pitchfork Music Festival de Paris, em 2018, e na nova montagem de Babys, no Hammersmith Apollo, em Londres.

Esse é o primeiro grande lançamento de Bon Iver desde o material entregue há poucos meses, no transcendental i, i – 15º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Brasileiros de 2019. Nos últimos anos, Vernon, que começou a carreira com o acústico For Emma, Forever Ago (2007), tem se revezado na produção de uma série de álbuns marcados pela criativa colagem de ideias e temas instrumentais. Trabalhos como o delirante 22, A Million (2016), em que utiliza da própria voz como um componente mutável, proposta inaugurada justamente com a entrega de Blood Bank.



Bon Iver – Blood Bank EP (10th Anniversary Edition)

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.