Burial: “Old Tape”


De tempos em tempos, o selo britânico Hyperdub convida alguns de seus principais realizadores a contribuir na produção de uma coletânea repleta de clássicos e composições inéditas. Foi assim há dez anos, quando o coletivo comandado pelo experiente Steve Goodman (Kode 9) deu vida ao ótimo 5: Five Years of Hyperdub (2009), e, claro, em 2014, com o lançamento de Hyperdub 10.2, trabalho que reuniu faixas assinadas por nomes como Jessy Lanza, DJ Rashad, Fatima Al Qadiri, Colly G, Terror Danjah e a sempre experimental dupla formada pelos músicos Inga Copeland e Dean Blunt.

Para a terceira e mais recente edição do projeto, Goodman e seus parceiros decidiram seguir um caminho diferente, revelando ao público quase duas dezenas de faixas que serão lançadas pelo selo Williams Street Records, os mesmos responsáveis pela série Adult Swim Singles. Entre as canções que recheiam o trabalho, faixas como a já conhecida Crush, criação de Laurel Halo. Nada que se compare ao material apresentado pelo misterioso Burial na inédita Old Tape. São pouco mais de sete minutos em que o artista inglês vai da produção eletrônica dos anos 1990 ao clássico Untrue (2007).



Burial – Old Tape


One thought on “Burial: “Old Tape”

Comments are closed.