Cate Le Bon: “Home to You”


É cada vez maior o número de artistas interessadas em revisitar o pop de câmara produzido entre o final dos anos 1960 e início da década de 1970. De Titanic Rising (2019), quarto e mais recente álbum de estúdio de Weyes Blood, passando pelo econômico Quiet Signs (2019), mais recente invento autoral de Jessica Pratt, sobrem registros marcados pela completa leveza na composição dos arranjos e permanente diálogo com a obra de veteranos do gênero, principalmente Scott Walker e nomes como The Beach Boys. Vem justamente desse mesmo período a inspiração para o novo álbum de inéditas de Cate Le Bon, Reward (2019).

Anunciado ao público no mês de março, o trabalho de dez faixas acaba de ter mais uma composição inédita apresentada ao público. Em Home To You, a cantora e compositora inglesa reflete sobre a forma como as pessoas criam diferentes significados na hora de encontrar seu próprio lar. Nos arranjos, o mesmo refinamento melódico evidente na já conhecida Daylight Matters. São pianos e entalhes certeiros, sempre minuciosos, estrutura que muito se assemelha ao trabalho de Julia Holter, em Have You In My Wilderness (2015). A canção ainda chega acompanhada de um clipe assinado pelo diretor Phil Collins (não o músico).

Reward (2019) será lançado em 24/5 via Mexican Summer.



Cate Le Bon – Home to You