Category Archives: Notícias

Lollapalooza 2016: Lolla Parties

lollasideshows

O Lollapalooza Brasil confirmou as tradicionais Lolla Parties, os famosos side shows com performances mais intimistas, que nesse ano vão agitar diversos clubes da capital paulista em março. A sensação do indie pop Marina and the Diamonds, vai se encontrar pela primeira vez com os fãs brasileiros após 11 anos de carreira. A apresentação está confirmada para o dia 11 de março, na Audio Club.

Snoop Dogg também vai participar das Lolla Parties. Nos últimos anos, o rapper, compositor, produtor musical e ator tem se dedicado à carreira nas pick-ups e mostrará seu elogiado projeto DJ Snoopadelic, no dia 13 de março, na Audio Club. No dia seguinte, 14 de março, as bandas norte-americanas Alabama Shakes e Cold War Kids tocam no mesmo local, sendo o evento mais legal entre os extra shows, pena que irá acontecer na segunda-feira.

Para finalizar esse roteiro paulistano, o Cine Joia recebe, no dia 15 de março, as bandas de rock alternativo de grande sucesso mundial o Eagles of Death Metal e Vintage Trouble. Ingressos para todas as Lolla Parties estão disponíveis na bilheteria oficial no Citibank Hall São Paulo (Av. das Nações Unidas, 17.955), pela internet (www.lollapaloozabr.com/tickets) e pontos de vendas espalhados pelo país.

Os fãs quem não puderem comparecer a quinta edição consecutiva do Lollapalooza Brasil no Autódromo de Interlagos ou em uma das Lolla Parties em São Paulo, terá a chance de conferir algumas atrações do festival no Rio de Janeiro e em Curitiba. No Rio Florence + the Machine e Mumford & Sons, sobem no palco do Metropolitan, no dia 14 de Março. Todas as informações para esta performance estão disponíveis em www.ticketsforfun.com.br. Twenty One Pilots e Walk The Moon se apresentam, no dia 16 de Março, no Sacadura 154, e os ingressos podem ser adquiridos via www.ingressocerto.com. No Circo Voador, os cariocas poderão assistir ao show das bandas Of Monsters and Men e The Joy Formidable, no dia 13 de março, e Alabama Shakes, no dia 15 de março. Para mais informações, acesse www.circovoador.com.br.

Já a capital paranaense, poderá conferir a performance do Bad Religion, um dos nomes mais importantes do hardcore/punk rock mundial, no dia 15 de março, no Spazio Van. Os ingressos estão à venda em www.diskingressos.com.br.

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , ,

Database: “Another Love”

databasepromopic

A dupla Database lançou essa semana seu mais novo EP “Another Love”, com participação de Savoir Adore, trazendo os vocais de Paul Hammer, além de três remixes, sendo dois da dupla carioca de House e Disco, Twelves e do produtor paulistano, parte do cast do selo da Kompakt, L_cio. O lançamento é pelo selo Life on Planes, do DJ White Shadow, produtor dos álbuns “Born This Way” e “Artpop” da Lady Gaga.

Formado por Lucio Morais e Yuri Chix em 2007, o Database já remixou Fatboy Slim e lançou um EP pelo selo de Norman Cook; lançou em 2010 o single “Beach and Friends”, em parceria com os americanos do French Horn Rebellion, que alcançou o primeiro lugar no site The Hype Machine e destaque na programação da BBC Radio 1; lançou o EP “New Disco” pela label francesa Kitusné (a mesma de Two Door Cinema Club, Phoenix, La Roux, Klaxons, Digitalism e Classixx) em 2011, alcançando o oitavo lugar no TOP100 das faixas mais vendidas do site de compra de música Beatport, e teve sua segunda parceria com o French Horn Rebellion; e o EP “Poster Girl”, figurou novamente entre os mais escutados do The Hype Machne em 2012 e chamou a atenção do rapper Jay-Z, que a postou em seu blog pessoal.

A dupla já se apresentou em festivais como Lollapalooza, MECA Festival e SWU, além de discotecar em vários clubes no Brasil e fazer uma turnê nos EUA em 2011 que rendeu o documentário “Midnight Cowboys”. Another Love estará presente no álbum debute da dupla que será lançado ainda no primeiro semestre deste ano, e está disponível para audição no Soundcloud da dupla.

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , ,

Hó Mon Tchain: “Assim que Nóis Trabalha”

.

Três anos após o lançamento do ótimo Ascensão, álbum de estreia do coletivo Hó Mon Tchain e um dos 50 Melhores Discos Nacionais de 2013, Amiltex, Diham, Falcon Mc, Mud, JG‐Mano e Plano B estão de volta com mais um novo registro de estúdio: Assim que Nóis Trabalha (2016). São 13 composições inéditas, além da já conhecida Malandrão, música transformada em clipe no final de 2015 e uma espécie de resumo da lírica urbana que acompanha a produção assinada por Mud até os últimos segundos do disco.

Além do revezamento do time de rappers na construção de cada faixa, AQNT abre espaço para a chegada de um time de novos colaboradores. Nomes como D‐Cazz, Jimmy Luv e Yunei Rosa, responsáveis por Essa Noite, A.Q.N.T e Fim de Expediente, respectivamente. Sobra até para um sample de Björk na pesada Amo os que me Odeiam, 11ª faixa do disco. Disponível para audição pelo Youtube, AQNT também pode ser baixado gratuitamente.

.

Hó Mon Tchain – Assim que Nóis Trabalha

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , ,

Sonto: “Sonto EP”

.

Originalmente gravado em 2011 por César Lacerda, Pedro Carneiro (produtor do álbum Paralelos & Infinitos) e Luiza Brina (Graveola e o Lixo Polifônico), Sonto EP (2016) é uma obra de detalhes e experimentos tímidos. De um lado, as ambientações bucólicas/oníricas de Lacerda e Carneiro, cada vez mais íntimos do trabalho apresentado por gigantes dos anos 1970 – como Milton Nascimento e Nick Drake. No outro, a voz doce, essencialmente acolhedora de Brina, um contraponto romântico e realista, responsável pela sutil colisão de versos que se esbarram no interior da obra.

Entre “ansiolíticos, orixás e máquinas do tempo”, como bem descreve o trio no texto de apresentação da obra, a lenta formação de um mundo particular. Um catálogo curto, apenas seis composições. Faixas que exploram com os tormentos existencialistas de qualquer indivíduo (Da Gente) ou simplesmente mergulham em pequenos conflitos amorosos (De Um Porto). Confissões particulares, mas que poderiam facilmente ser encontrados na obra de Marcelo Jeneci ou mesmo no trabalho de grupos estrangeiros como Fleet Foxes e The Microphones.

Com distribuição gratuita – faça download do disco aqui -, Sonto EP também pode ser apreciado na íntegra pela página do trio no Youtube ou pelo soundcloud no player abaixo. A arte do álbum ficou por conta da mineira Sara Braga, do Sara Não Tem Nome. Quem assina a mixagem do disco é Tomás Alem.

.

Sonto – Sonto EP

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , ,

Archy Marshall: “A New Place 2 Drown”

.

A mudança é parte fundamental do trabalho de Archy Marshall. Aos 21 anos, o cantor e compositor britânico que já se apresentou como Zoo Kid, DJ JD Sports e King Krule revela ao público o primeiro trabalho de inéditas assinado com próprio nome, o sombrio e experimental A New Place 2 Drown (2015, XL). Trata-se de um registro de 12 composições produzidas ao lado do irmão, Jack Marshall, mas que ultrapassa os limites da música, chegando até o público em diferentes formatos, como livro e curta-metragem.

Nas canções, sempre intimistas e melancólicas, Marshall parece seguir a trilha do trabalho apresentado há dois anos, 6 Feet Beneath the Moon (2013). Hip-Hop encontra com o Pós-Punk enquanto elementos típicos do Trip-Hop se entregam ao Jazz, alavancando a voz forte, por vezes perturbadora, do jovem artista inglês. Pouco mais de 30 minutos em que Marshall se transforma na matéria-prima de cada canção, estreitando com naturalidade a relação com o ouvinte.

.

Archy Marshall – A New Place 2 Drown

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , ,

AraabMuzik: “Goon Loops EP” & “King EP”

.

Abraham Orellana está de volta. Depois da série de mixtapes (Instrumental University, For Professional Use Only), registros de sobras e remixes (The Remixes, Vol. 1), o produtor de Rhode Island está de volta com uma bem-sucedida sequência de novos EPs dentro do projeto AraabMuzik. De um lado, as seis composições climáticas e experimentais de Goon Loops EP. Em King EP, o habitual diálogo do norte-americano com a EDM, Trap e Hip-Hop, marca das principais canções assinadas pelo artista pós-Electronic Dream (2011).

Musicalmente distintos, ambos os trabalhos abrem passagem para o novo registro de inéditas de Orellana, o aguardado Dream World, álbum que conta com lançamento previsto para 2016. Tanto Goon Loops como King podem ser apreciados na íntegra pelo soundcloud de AraabMuzik. O primeiro EP é o único que conta com download gratuito (e com tempo limitado) pelo perfil do produtor.

.

AraabMuzik – Goon Loops EP

.

 

AraabMuzik – King EP

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , ,

MECA VOLTA A SÃO PAULO COM ESQUENTA PARA 2016

00000meca

No próximo sábado 05 de dezembro, a partir das 15h, acontece a edição de lançamento da nova plataforma de lifestyle e entretenimento do MECA, evento gratuito que reúne música, esportes, palestras e mercado de gastronomia, moda, arte e design. A ocasião marca o novo momento do MECA e apresenta as novidades que estão por vir em 2016. O evento acontece no Complexo do Brás, em São Paulo.

A ideia é transformar o MECA, em uma plataforma de lifestyle e entretenimento completa, com um maior número de eventos, de diferentes formatos e quantidades de pessoas, em diferentes épocas do ano em mais cidades e países, e passar a explorar outros universos, como: esportes e jogos no MECAGames; inovação e conhecimento no MECAConference; gastronomia, moda, design e arte no MECAMarket; além de música no MECAFestival, onde tudo começou, essência da marca.

Como atrações musicais, parte do MECAFestival, o destaque será o primeiro show do retorno da dupla de rap Thaíde & DJ Hum depois de 15 anos sem tocar juntos, além da apresentação da banda californiana de indie rock Trails and Ways. Completa o palco principal a cantora Lia Paris e a banda Galaxy IV. Além disso, haverá um palco de shows com curadoria da gravadora Balaclava, e DJs discotecando dentro dos espaços de patins, basquete, skate e tênis.

Além disso, haverá foodtrucks, bares, estrutura de vestiários, estação de coleta seletiva de resíduos e espaço de triagem feita pela Kombosa Seletiva, e recebimento de doações de alimentos não perecíveis para a Casa da Criança Santo Amaro.

O MECA nasceu como um festival de música no litoral sul do Brasil, em Maquiné, e hoje conta com edições em quatro cidades diferentes, passando por São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brumadinho (Museu Inhotim). Já trouxe nomes como Two Door Cinema Club, Charli XCX, AlunaGeorge, Vampire Weekend, Friendly Fires, The Rapture, Breakbot, Flight Facilities, La Roux, entre vários outros artistas nacionais e internacionais, além de parcerias com os selos Kitsuné (Paris), Black Butter (London), Neon Gold (New York) e Balaclava (Brasil).

A entrada no MECA será gratuita, mediante inscrição prévia por meio do site www.mecalove.com, até o dia 04 de dezembro, sujeito a lotação do espaço. O Complexo do Brás fica localizado na Rua do Bucolismo, 81, Brás – São Paulo.

Serviço:

MECA LOVE
Data: 
05 de dezembro de 2015
Horário: 15h às 03h
Endereço: Rua do Bucolismo, 81, Brás – São Paulo
Capacidade: até 3.000 pessoas
Censura: 18 anos. Menores somente acompanhados dos pais ou representante legal
Entrada: Gratuita mediante inscrição prévia no site
Site: mecalove.com

Shows:
Thaíde e DJ Hum
Trails and Ways
Lia Paris
Galaxy IV

DJs: Club Soda, Database, Roots Rock Revolution, F82, Ale Tobio, Big In Japan, Giovanna Rouvier, Giuliana Viscardi, Rachel Mancini, Renato Forster, Carol Ponce, Lucca Salvatore, Ale Salles, Renato Campana, Mauro Farina, Fabricio Miranda, Luisa Viscardi, entre outros.

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , , , ,

Jair Naves: “Atirado ao Mar EP”

.

Lançado em janeiro deste ano, Trovões a Me Atingir (2015) mostra um Jair Naves bem diferente daquele apresentado em E Você Se Sente Numa Cela Escura… (2012) ou mesmo nas canções da temporariamente ressuscitada Ludovic. Embora dominado pela essência melancólica do cantor e compositor paulistano, cada uma das nove faixas do registro confirma a proposta melódica, acessível, da obra, agora completa com a recém-lançada coletânea de “sobras” Atirado ao Mar EP (2015).

Com distribuição pelo Spotify, o trabalho de quatro faixas “inéditas” funciona como uma breve continuação do registro apresentado há poucos meses pelo cantor. Composições como a já conhecida faixa-título do EP, além de Gélido, Invernal, A Recusa, A Renúncia e Converta em Algo Belo a Minha Dor; um resumo eficiente de todo o material acumulado por Naves desde a estreia em carreira solo com o ótimo Araguari EP, de 2010.

.

Jair Naves – Atirado ao Mar EP

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , ,

Stefanini: “Onde EP”

.

Com o lançamento de Eu Sei, em agosto deste ano, o goiano Stefanini parecia apontar a direção para o material que se revela completo no recém-lançado Onde EP (2015). Versos intimistas, bases eletrônicas calcadas no R&B e a constante interferência do produtor paulistano Pedrowl – responsável por parte das canções de Veneno (2015), novo álbum de estúdio da Banda Uó. Um estímulo para cada uma das três faixas inéditas que preenchem o pequeno registro.

Em um diálogo atento com Giraffage, Purity Ring, XXYYXX e outros nomes de peso R&B/Pop “alternativo” norte-americano, Stefanini e o parceiro de produção finalizam uma obra de natureza sensível, essencialmente melancólica como Canto de Fuga e a inaugural Duas Faces parecem indicar. O Destaque fica por conta da canção de encerramento do EP, É Tarde, parceria entre Stefanini e o rapper paulistano Rico Dalasam.

.

Stefanini – Onde EP

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , ,

Jaloo: “#1”

.

Brega, dançante, melancólico e pop. Depois de meses de remixes, versões, composições inéditas, clipes e um eficiente aquecimento em Insight EP (2014), Jaloo acaba de apresentar o primeiro registro da carreira: #1 (2015). Com lançamento pelo selo StereoMono – parte da Skol Music – o trabalho de 12 faixas e direção artística de Carlos Eduardo Miranda expande de forma comercial o mesmo som eletrônico testado pelo produtor paraense desde as primeiras canções – apresentadas no começo da presente década.

Além de faixas já conhecidas do público, como Insight, Odaiá (In Your Eyes) e Pa Parará, o álbum conta com uma sequência de canções inéditas que mostram a evolução do músico não apenas na construção dos versos (A Cidade), mas principalmente nas batidas (Fluxo). Há poucos dias, Jaloo apresentou ao público o clipe de Ah! Dor, uma das composições que abastecem o disco e refletem parte da estética assumida pelo músico ao longo do disco.

.

Jaloo – #1

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
Tagged , , , , , , , , , , , ,