Ceticências: “Deus Sabe”

.

Passado o anúncio de um novo disco, seguido do lançamento do single/vídeo de Deus Sabe #2, Cadu Tenório e Sávio de Queiroz apresentam ao público o segundo álbum de inéditas do Ceticências: Deus Sabe (2015). Sucessor do ótimo Lua, um dos 10 melhores discos nacionais de 2013, o álbum de apenas oito faixas e distribuição pelo selo Domina, do Rio de Janeiro, parece seguir uma trilha completamente distinta em relação ao trabalho lançado há dois anos.

Livre das habituais bases sombrias tradicionalmente testadas por Tenório, cada peça do novo registro encontra na constante quebra de ritmo uma ferramenta eficiente para todo o desenvolvimento do álbum. Composições curtas, como Medusa, ou mesmo faixas extensas, caso de Drugs & Homossexualism, em que sintetizadores, colagens de vozes e batidas sempre instáveis ditam as regras de cada ruído eletrônico encaixado pela dupla.

.

Ceticências – Deus Sabe