Céu: “Perfume do Invisível”

.

Batidas minimalistas, sintetizadores carregados de efeitos e detalhes, a voz melancólica que resgata os últimos instantes de um relacionamento fracassado. Em Perfume do Invisível, primeira composição inédita de Céu desde o último registro de inéditas da cantora, Caravana Sereia Bloom (2012), um novo catálogo de possibilidades é apresentado ao ouvinte. Fragmentos do que deve ser apresentado na íntegra em Tropix (2016), quarto álbum de estúdio da artista.

Com lançamento previsto para o dia 25 de março, o registro que conta com produção de Pupillo (baterista do Nação Zumbi) e do músico francês Hervé Salters mostra uma sonoridade completamente distinta em relação ao material apresentado há quatro anos. Livre do som embriagado da música brega, Céu parece dialogar de forma curiosa com a música eletrônica, resgatando elementos esquecidos da cena Chillout/Trip-Hop no final dos anos 1990. A direção do clipe ficou por conta de Esmir Filho, diretor do filme Os Famosos e os Duendes da Morte (2009).

Tropix (2016) será lançado no dia 25/03 pelo selo SLAP

.

Céu – Perfume do Invisível

 


2 thoughts on “Céu: “Perfume do Invisível”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend