Chelsea Wolfe: “The Mother Road” / “American Darkness”


Chelsea Wolfe sempre parece oscilar entre instantes de fúria e maior contemplação. Se em início da carreira a cantora e compositora norte-americana parecia investir na produção de um material essencialmente acústico, vide as canções apresentadas em The Grime and the Glow (2010) e Apokalypsis (2011), com a chegada de Pain Is Beauty (2013) e toda a sequência de obras entregues posteriormente, caso de Abyss (2015) e Hiss Spun (2017), o direcionamento passou a ser outro. Um evidente peso na composição dos arranjos e uso de temas atmosféricos que parecia estreitar a relação com o rock gótico.

Em Birth Of Violence (2019), sexto álbum de estúdio da artista de Sacramento, Califórnia, um evidente ponto de equilíbrio entre esses dois universos. São 11 composições inéditas em que a artista norte-americana parece transitar pelo mesmo território conceitual de nomes como PJ Harvey e Patti Smith. Exemplo disso está nos dois primeiros singles do disco, The Mother Road e American Darkness. São melodias abafadas e batidas densas que se completam com a voz forte da cantora, sempre destacada e soturna, como uma interpretação empoeirada do material entregue há dois anos durante o lançamento de Hiss Spun.

Birth Of Violence (2019) será lançado em 13/9 via Sargent House.


Chelsea Wolfe – The Mother Road


Chelsea Wolfe – American Darkness