Chico Bernardes: “O Espelho”


Cada dia, uma pessoa / Diferente / Me olhando outra vez / Me espiando / Com um olhar igual ao meu / Sempre quieta, pensativa / Procurando o que não vê“. A poesia existencialista de O Espelho, mais recente criação de Chico Bernardes, diz muito sobre o caminho percorrido pelo cantor e compositor paulistano no primeiro álbum em carreira solo. Concebida em pequenas doses, a canção se revela aos poucos, cercando e confortando o ouvinte em um ambiente de reverberações acústicas que apontam diretamente para a música dos anos 1970.

Uma aparência distinta da outra / Um paralelo entre faces e bocas / E o bom e velho espelho / Em partes rachado, partido no meio“, completa. São melodias empoeiras, guitarras e vozes que sutilmente arrastam o ouvinte para o estranho universo particular que embala a estreia do jovem cantor, filho de Maurício Pereira e irmão de Tim Bernardes (O Terno). Com todos os instrumentos tocados pelo próprio artista, O Espelho amplia tudo aquilo que Bernardes havia testado há poucos dias, durante o lançamento da também delicada Astronauta.

Chico Bernardes (2019) será lançado em 14/6 via Risco.


Chico Bernardes – O Espelho