Chromatics: “Running For The Sun”

.

Kill For Love é um dos melhores discos do ano por uma série de fatores. O primeiro deles está obviamente na sonoridade obscura do trabalho, referência que não apenas reformula as experiências da década de 1980, como garante novo sentido à elas. A segunda está nas líricas, sempre tocadas pelo sentimento doloroso de ódio, abandono, solidão e certa dose de vingança. O terceiro está na vasta quantidade de material que acabou de fora do elogiado disco, mostra que a banda acaba de restabelecer com a chegada de Running For The Sun. Pequena mixtape de tudo que acabou de fora do álbum, o trabalho de mais de meia hora já vale por muitos álbuns “completos” por aí, arrastando o grupo e o próprio ouvinte para mais uma extensão do mesmo som apresentado há alguns meses.

.

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/66170949″ iframe=”true” /]

Chromatics – Running For The Sun