Criolo: “Povo Guerreiro”

 

Quarto álbum de Criolo em carreira solo, Espiral de Ilusão – 12º colocado na nossa lista dos 50 Melhores Discos Nacionais de 2017 –, continua rendendo bons frutos. Poucos meses após o lançamento das inéditas Língua Felina e 4 da Manhã, o cantor/rapper paulistano apresenta ao público mais uma composição que dialoga com a mesma sonoridade e conceitos detalhados no registro. Trata-se do samba político de Povo Guerreiro.

Povo guerreiro bate tambor / Comemora a liberdade / Mas a igualdade ainda não chegou“, entrega a letra da canção, fino retrato do preconceito enfrentado pelos negros diariamente. Uma síntese do mesmo samba político que vem sendo produzido por Criolo nos últimos anos, como um diálogo com a poesia crítica detalhada pelo artista durante a gravação de Menino Mimado, uma das principais composições de Espiral de Ilusão.

 

Criolo – Povo Guerreiro

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend