Desampa: “Foregone”

Desampa

.

A julgar pelo desenvolvimento dado ao primeiro EP, Err, de 2013, todo o pequeno arsenal do paulistano Desampa não passou de um pequeno aquecimento. Próximo de apresentar o mais novo trabalho de sua carreira, o misterioso artista usa da melancolia explícita em Foregone como um atento preparativo. Densa e propositalmente amarga, a faixa não apenas ultrapassa os limites estéticos do compositor, como prova que algo ainda mais provocante está por vir com a assinatura do artista.

Utilizando da mesma base de pianos e vozes em falsete do disco anterior, Desampa quebra as percepções do ouvinte ao brincar com diferentes preferências harmônicas, esforço para o que deve guiar o inédito Hue EP. São batidas, vozes e samples lançados em um ambiente de caos controlado, fórmula que escapa dos domínios encontrados em faixas como Streets Of Soul e Life para provar de novas experiências. Das ambientações do These New Puritans ao sofrimento de Perfume Genius, um conjunto de referências flutuam de maneira particular dentro da curta duração da nova música.

.


Desampa – Foregone