Desire: “Liquid Dreams” (VÍDEO)


Dividido entre faixas dançantes e músicas contemplativas, o aguardado Escape (2020), novo álbum de estúdio do Desire, tem tudo para ser um dos grandes lançamentos do ano. Primeiro registro de inéditas da banda comandada por Megan Louise desde o homônimo registro entregue em 2009, o trabalho que conta com produção de Johnny Jewel teve algumas de suas principais criações apresentadas ao público nas últimas semanas. É o caso da sombria Black Latex, com seus versos e ambientações provocantes, e a delicada faixa-título da obra, ponto de partida para o novo projeto.

Interessante perceber na recém-lançada Liquid Dream, mais recente registro da parceria entre Louise e Jewel, um ponto de equilíbrio entre esses dois universos que servem de sustentação ao trabalho. São pouco mais de três minutos em que a artista atravessa as pistas e batidas eletrônicas dos anos 1980, porém, carrega na força dos versos, melodias e sintetizadores delicados a base para uma canção que parece confortar o ouvinte. Um exercício conceitual que ainda chega acompanhado de mais um clipe dirigido pelo próprio produtor e estrelado pela cantora.



Desire – Liquid Dreams