Dirty Projectors: “Searching Spirit”


Em março deste ano, David Longstreth deu início a um de seus projetos mais inusitados. Ao invés de lançar um novo álbum de estúdio com o Dirty Projectors, o cantor e compositor norte-americano decidiu investir em cinco diferentes obras, uma assinada por cada novo integrante da banda. Primeiro, veio Windows Open EP, de Maia Friedman, em seguida, Flight Tower EP, de Felicia Douglass, Super João EP, uma homenagem a João Gilberto assumida pelo próprio cantor, além, claro, do ainda recente Windows Open EP, de Kristin Slipp, apresentado há poucas semanas.

Para o fechamento do projeto, Longstreth anuncia para o mês de novembro a chegada de Ring Road (2020). Último EP da série, o trabalho contará com as vozes dos quatro vocalistas da banda e arranjos que se completam pela presença do músico Mike Daniel Johnson. Para o anúncio do trabalho, o quinteto nova-iorquino deu vida à inédita Searching Spirit. Típica criação da banda, a faixa traz de volta tudo aquilo que o Dirty Projectors tem produzido desde a boa fase em Bitte Orca (2009). São guitarras melódicas e vozes que revelam a minúcia do grupo do início ao fim da composição.


Ring Road

01 Por Qué No
02 Searching Spirit
03 No Studying
04 My Possession

Ring Road EP (2020) será lançado em 20/11 via Domino.



Dirty Projectors – Searching Spirit

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.