""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Disco: “808s & Dark Grapes II”, Main Attrakionz

Main Attrakionz
Rap/Hip-Hop/Alternative
http://www.mainattrakionz.com/

Por: Pedro Ferreira

.

As fusões entre Indie Rock, Avant-Garde e Hip Hop vêm ganhando cada vez mais espaço. O estilo, que foi praticamente inventado por Aesop Rock na segunda metade da década de 90, consiste basicamente na inserção, nas rimas e batidas clássicas do Hip Hop, de elementos estranhos à sua essência, que podem ir desde a simplicidade de uma gaita até a erudição de um violino. Tendo este formato, portanto, sua gama comporta muitas variações.

Quase que sem querer, o duo Main Attrakionz, oriundo de Oakland e formado por MondreM.A.N. e Squadda B, abre mais uma vertente no estilo que, apesar de emergente, ainda busca uma mais certeira afirmação. A dupla, durante o ano, veiculou uma grande quantidade de faixas e vídeos esparsos em seu tumblr. Agora, com um agrupado e bem produzido número de canções, promove mais condizente com o que se entende por um “lançamento”.

Em 808s & Dark Grapes II, a dupla não varia muito em temática: aspirações monetárias, mulheres e erva. O formato, no entanto, é bem peculiar: não se fala disso de modo agressivo ou ostensivo. Ao contrário, as exaltações ao fútil são feitas sempre de modo calmo, sereno. E o estado de espírito de seus membros se reflete na produção das faixas: os samples escolhidos são, por vezes e principalmente no início do disco, quase dignos de artistas de ambient.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=xWgJRJDgmiQ]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=RGio8soejMQ]

Chegando-se à metade do tracklist, no entanto, entre Nothin’ Gonna Change e Take 1, o sangue vai subindo e as canções vão ficando mais agitadas e ressentidas. Em Vegetables, por exemplo, uma voz robótica repete o título da faixa, intercalando com repetições de Broccoli e Lettuce, enquanto os rappers fazem um paradoxo entre esses vegetais comestíveis e aqueles que eles consomem pelas vias respiratórias.

A calmaria vai tomando conta do release novamente, pouco a pouco, até que, ao se chegar em Perfect Skies, a atmosfera de tranquilidade toma conta, outra vez, dos arranjos, e você já nem se lembra dos sinais de agressividade que vinham aflorando até então. E são nessas faixas, nas menos exaltadas, que a dupla revela seu potencial de maior qualidade.

A produção é assinada pelo próprio Squadda B, além de Friendzone, Marlee B, Keyboard Kid, Silky Johnson, Floyd Waybetter, NoaBoa, Clams Casino, Giorgio MoMurda, Bux Productions e AHYVE. Ou seja: onze produtores para dezesseis faixas, o que poderia resultar em um álbum, de certo modo, desconexo. Não é o que se verifica, entretanto: os produtores estão bastante afinados quanto ao propósito do disco. O duo pode não dar vida a um trabalho revolucionário, mas algo deve ser dito: os rappers estão longe de ser ordinários. Mais: para quem costumava lançar trabalhos informais e caseiros, 808s pode acabar contribuindo para a disseminação do estilo, que está bem perto de conquistar de vez seu território.

808s & Dark Grapes II (2011, Mishka)

Nota: 7.1
Para quem gosta de: Squadda B, Lil B e Danny Brown
Ouça: Bossalinis & Fooliyones pt. 2, Diamond of God e Rap Junkies

[soundcloud width=”100%” height=”360″ params=”” url=”http://api.soundcloud.com/playlists/1029353″]


0 thoughts on “Disco: “808s & Dark Grapes II”, Main Attrakionz

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend