""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Disco: “A Curva Da Cintura”, Arnaldo Antunes, Edgard Scandurra e Toumani Diabate

Arnaldo Antunes, Edgard Scandurra e Toumani Diabate
Brazilian/African/World Music
http://www.acurvadacintura.com.br/

Por: Cleber Facchi

 

Desde que Arnaldo Antunes resolveu (involuntariamente) no começo dos anos 2000 abandonar o aspecto demasiado hermético de suas obras, produzindo então composições que mesmo não convencionais se voltavam para uma linguagem mais comercial , que toda uma riqueza de detalhes se tornaram evidentes. Distante da poesia concreta e dos experimentos que o levaram a abandonar os Titãs no começo da década de 1990, o músico paulistano vem edificando um enorme catálogo de versos e canções acessíveis, faixas que acabaram garantindo novo sentido ao trabalho em carreira solo ou mesmo nas diversas parcerias que o artista vem desenvolvendo.

Paralelo ao trabalho do compositor, o guitarrista Edgard Scandurra não se aquietou nos braços de sua antiga banda – o Ira! -, tanto que ao encerramento das atividades do grupo em meados de 2007, o músico foi rapidamente tragado para junto de uma infinidade de projetos colaborativos. Renovado, o paulistano acabou figurando com destaque e jovialidade ao lado de artistas da recente safra da música nacional, vozes como Karina Buhr e Marcelo Jeneci que contaram com o apoio essencial do veterano para a boa forma de seus recentes trabalhos.

Se ambos os artistas – amigos desde idos da década de 1980 – pareciam partilhar de uma mesma renovada percepção musical, por que não uni-los em um projeto em conjunto? Faltava ainda um elemento para que isso se concretizasse, algo que foi rapidamente solucionado após uma apresentação do músico malinês Toumani Diabate no festival Black2Black em 2010. Após uma conversa entre a tríade de músicos ao término da apresentação, ficou estabelecido a partir dali a criação de um registro musical que concentrasse as referências dos três, feito que se concretiza agora com a chegada de A Curva da Cintura (2011).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=5WCMwIC9MXw&w=640&h=360]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ZqMiUno_6hQ&w=640&h=360]

Embora sejam as referências trazidas por Diabate – renomado artista nascido na cidade de Bamko em 1965 e vencedor do Grammy 2010 de melhor álbum de World Music – a principal marca do registro, a cada nova composição proposta no decorrer do álbum é visível a participação dos três componentes do projeto. Nos versos, Antunes passeia criativo, apresentando ao lado do colega paulistano canções que exaltam justamente a atual fase como letrista. O mesmo se faz visível nas guitarras de Scandurra, que agora propõe um jogo de acordes suingados e marcados pelo regionalismo, acompanhando o toque da Kora (tipo de harpa com 21 cordas) assumida pelo parceiro malinês.

Contando com a produção de Gustavo Lenza – que já trabalhou ao lado de nomes como Céu e Curumin -, o registro de 14 faixas mimetiza o que há de novo na música popular brasileira com as óbvias referências da sonoridade africana (o disco foi todo gravado em Bamako, Mali), encontrando nas mãos do produtor paulistano uma espécie de limite ou concisão intensa entre as músicas. Cada faixa parece partilhar de uma sonoridade intimamente similar, sendo que mesmo velhas conhecidas do público brasileiro, como Muito Além, acabam mergulhadas em uma poça de renovação, acrescidas de novas texturas.

Enérgico, o registro transpassa constantemente o caráter de trabalho ao vivo – é quase possível ouvir palmas imaginárias do público ao final de cada canção -, gerando um resultado que permanece exato e satisfatório até o ecoar da última canção do disco. Mais do que um resgate da já velha aproximação entre a música brasileira e os ritmos africanos, A Curva da Cintura possibilita observarmos dois grandes personagens do rock nacional imersos em uma proposta renovada, contrapondo boa parte dos artistas do mesmo período, que ainda insistem em se manter presos ao passado.

A Curva da Cintura (2011)

Nota: 7.5
Para quem gosta de: Arnaldo Antunes, Curumin e Otto
Ouça: Cara, Muito Além e Ir, Mão
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=EvqeKR4SKNE&w=490&h=25]


4 thoughts on “Disco: “A Curva Da Cintura”, Arnaldo Antunes, Edgard Scandurra e Toumani Diabate

Comments are closed.