""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Disco: “Azul” e “Vermelho”, Nina Becker

Nina Becker
Brazilian/Female Vocalists/MPB
http://www.myspace.com/ninabecker

Se uma palavra pudesse definir o som que a cantora Nina Becker expressa em seus dois discos de estreia “Azul” e “Vermelho” com certeza seria “delicadeza”.  Estranho é rotular o trabalho da cantora como “MPB”, fica parecendo uma definição tão arcaica tamanha a qualidade das canções exploradas em seus discos.

Tal qual o disco da paulistana Tulipa Ruiz, os dois álbuns de Nina Becker são excelentes representante da nova leva de músicos brasileiros. A excepcionalidade dos discos não se deixa perder em nenhum momento para os antigos medalhões da “MPB”. Nina Becker faz música popular brasileira sem que ela soe próxima dos clichês de artistas “consagrados” como Ana Carolina (Ugh!) ou Jorge Vercilo (Bleeeeeeerg!).

Enquanto “Vermelho” traz ao ouvinte algumas canções já conhecidas da cantora como De um amor em paz, do disco da Orquestra Imperial, além de uma versão para Lágrimas Negras, composição de Nelson Jacobina e Jorge Mautner, “Azul” é onde Becker aflora seus ineditismos. O tom melancólico é a principal característica de todas as faixas do disco. Os instrumentos são visivelmente apenas plano de fundo, dando espaço para que a suave voz da cantora possa brilhar.

 

Azul (2010)

01. Ela Adora
02. Pedido
03. Samba-Jambo
04. Dans Ton Ilê
05. Lá e Cá
06. Não Tema
07. Não me diga adeus
08. Janela
09. Flor Vermelha
10. Medo

 

Vermelho (2010)

01. Madrugada Branca
02. Toc Toc
03. Volte Sempre
04. Do Avesso
05. Lá e Cá
06. Janela
07. Superluxo
08. De Um Amor Em Paz
09. Lágrimas Negras
10. Tropical Poliéster

 

Nota: 8,0
Para quem gosta de: Thalma de Freitas, Tulipa Ruiz e Orquestra Imperial
Ouça: Não me diga adeus, Toc Toc e Lágrimas Negras.

 

Veja também:

Criador do Miojo Indie, trabalhou como coordenador de Mídias Sociais na Editora Abril, editor de entretenimento e cultura no Huffington Post e hoje é editor de conteúdo no Itaú. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil como presente.


0 thoughts on “Disco: “Azul” e “Vermelho”, Nina Becker

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend