Disco Duro: “Bb”


Pesquisador acadêmico sobre os gêneros da diáspora negra e as inovações na linguagem musical, o músico Pitter Rocha decidiu transportar para dentro de estúdio parte dessas experiências com o projeto Disco Duro. O resultado dessa criativa colagem de ideias e referências que apontam para diferentes gêneros, como o jazz, hip-hop, dub e ritmos brasileiros ecoa com naturalidade na recém-lançada Bb. Um delicado exercício que estabelece na sobreposição dos elementos a base para uma canção que parece dialogar com a obra de estrangeiros como Teebs, Shlohmo e Forest Swords.

A ideia inicial surgiu em 2015 durante a minha graduação em música onde criei o projeto para a aula de música experimental, cuja a propostas era desenvolver performances musicais de improvisação livre com a guitarra e o computador. Nessas improvisações seriam utilizados as possibilidades de processar o som da guitarra e o uso de samples de falas, recortes de discos, sons de máquinas, todo som que estivesse no disco rígido”, respondeu no texto da apresentação do trabalho. Com masterização de Hugo Noguchi (Ventre, SLVDR), a faixa conta com lançamento pelo selo Diáspora.




Disco Duro – Bb