Disco: “Great Escape”, ZeMaria

ZeMaria
Brazilian/Electronic/Indie
https://www.facebook.com/ZemariaMusic

Por: Cleber Facchi

ZeMaria

Veterana da música nacional e ainda assim completa desconhecida do grande público, a capixaba ZeMaria é a plena representação da cena brasileira no que tange a atuação nos campos da eletrônica. “Artista para exportação” parece ser um rótulo fácil para o trabalho da banda, que mesmo íntima de emanações tupiniquins não se distancia das pistas estrangeiras, principalmente o que abastece há mais de uma década a sonoridade francesa e britânica. Não estranho que para o laçamento de Great Escape (2013, Abatjour) o grupo de Vitória, Espirito Santo tenha migrado para um selo europeu, fazendo do segundo registro em estúdio um trabalho conceitualmente maior do que o cativante álbum de estreia.

Sintetizadores à postos, guitarras cheias de groove e vocais perfumados pela limpidez fazem as graças do registro, trabalho que ecoa nostálgico e atual na mesma proporção. Ora focado nas sonorizações da década de 1970 (Sky Dive), ora concentrado no presente (Instant Lover) o novo disco expande os inventos prévios da banda, que não apenas perde a timidez, como encontra uma base instrumental criativa que se estende por toda a obra. Um misto de fazer dançar, sem parecer descartável, erro que acompanha o trabalho de grande parte dos artistas do gênero, mas que se manifesta de forma inteligente nas mãos do grupo.

Ponto fundamental na construção de todo o registro, os vocais melódicos de Sanny Lys surgem como mecanismo natural de aproximação para que sintetizadores, guitarras e a bateria sejam encaixados de forma coesa. É como se cada harmonia sintetizada ou batida eletrônica fosse projetada de forma a circundar a voz da cantora, que de forma branda ou intensa cumpre bem sua função até os últimos instantes do álbum. Exemplo fundamental da boa atuação se revela logo na faixa de abertura, A Flora, música que carrega nos vocais e pequenos coros de vozes a orquestração base para os instrumentos.

Talvez atrasado em relação aos inventos impostos pelo Metronomy em The English Riviera (2011) ou mesmo os canadenses do Metric com Synthetica (2012), Great Escape foge da redundância graças ao catálogo detalhista de sons que a banda explora durante toda a obra. Enquanto Past 2 traz nas bases de sintetizadores uma dose extra de sons e pequenos ruídos eletrônicos, Chouzo incorpora na percussão inexata um complemento natural para o que poderia soar como mais um dance rock. Some a isso versos de encanto cotidiano e pequenas desilusões amorosas bem traduzidas para que a banda entregue ao ouvinte um disco de propósito simples, porém difícil de ser evitado.

Mais do que um trabalho coerente dentro do próprio universo da banda, Great Escape é um registro que possibilita ao grupo a chance de arriscar. Ainda que imersas em uma sonoridade totalmente vendável, as composições que dão vida ao disco em nenhum momento se deixam abastecer pela redundância. É o caso de O Que Me Falta Dizer, única canção do disco em português e faixa que encontra uma interpretação particular dos momentos mais econômicos dos australianos do Cut Copy. O mesmo acontece em Like Gold e Sky Dive, faixas de alinhamento adorável, mas capazes de brincar com o Synthpop em uma estrutura que se esquiva com primazia do óbvio.

Seguro, sem parecer pretensioso, pop, mas sem que as canções pareçam desgastadas, com o segundo álbum os capixabas alcançam um trabalho que parece finalizado para ir além das pistas. Há no encaminhamento do disco um nítido esforço em soar próximo do grande público – seja ele estrangeiro ou não -, entretanto, mesmo essa suposta abertura não impede a banda de crescer com sobriedade e principalmente identidade, marca que transforma Great Escape em um disco a ser revisitado inúmeras vezes – dentro ou fora das pistas.

ZeMaria

Great Escape (2013, Abatjour)

Nota: 7.7
Para quem gosta de: Metronomy, Cut Copy e Metric
Ouça: Sky Dive, Past 2 e Instant Lover

Veja também:


2 thoughts on “Disco: “Great Escape”, ZeMaria

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend