""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Disco: “Lesser Known”, Adventure

Adventure
Electronic/8-Bit/Alternative
http://www.myspace.com/adventuresound

 

Por: Fernanda Blammer

Se tem algo que anda saturado há um bom tempo esta é a música eletrônica inspirada nos anos 80. Desde que a onda revival tomou conta do mundo na virada do século um sem número de novos e velhos artistas passaram a dar suporte ao gênero, muitas vezes nos impressionando com a falta de qualidade de determinadas composições. Embora esteja longe de ser um trabalho memorável, Lesser Known (2011) estreia do Adventure sabe como soar agradável, além de se manter livre dos clichês do estilo.

O grande acerto de Benny Boeldt, o produtor responsável pelo projeto, está em se valer dos anos 80 apenas como um grande plano de fundo, não se atendo de fato a ele, explorando assim novas possibilidades em seu trabalho. Livre das possibilidades redundantes, o norte-americano de Baltimore consegue assim como o Twin Shadow e o Diamond Rings lançar um disco agradável e que soa acima de tudo de maneira não datada.

Outro visível acerto do produtor em Lesser Known está, também, no uso de elementos do chiptune/8-bit, dando às composições oitentistas um ar de videogame antigo, trazendo um sentimento nostálgico e pueril à obra. Somam-se algumas pequenas referências mais contemporâneas, como um Dan Deacon que toca aqui e ali e até um Neon Indian que esporadicamente acaba se manifestando. Uma grandes miscelânea musical, mas que para fins organizacionais reverbera a década de 1980.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=OQTQEcT9dWI&feature=related]

Quem espera por mais um daqueles trabalhos calcados inteiramente no uso de sintetizadores e baterias eletrônicas vai acabar se surpreendendo. Embora raras, as guitarras acabam figurando, mais como um acabamento para as faixas do que como elemento central. Mesmo os teclados parecem conduzidos de forma diferenciada, talvez pelo leve toque lo-fi, ou pelo não uso de sons tão estridentes, mas as canções funcionam de maneira mais dinâmica e não enjoativas.

Além de dar forma a composições puramente dançantes, Boeldt se aventura na criação de camadas e detalhes que fazem com que suas faixas ultrapassem as barreiras da pista de dança. De longe a melhor faixa do disco, Rio manda uma avalanche de sintetizadores muito bem inseridos, lembrando desde Cut Copy até Au Revoir Simone. Outra que facilmente se destaca é a ótima Lights Out, faixa que transforma todos os clichês da década de 80 em algo divertido e dançante.

O Adventure consegue em apenas dez faixas com que todas as tristes recordações de artistas que bebem do synthpop oitentista de forma irresponsável sejam simplesmente apagadas. Lesser Known e faixas como Relax The Mind, Fool’s Paradise e Electric Eel (além das músicas já comentadas) são um verdadeiro convite para dançar, um perfeito aquecimento para seu começo de noite e uma viagem nostálgica que dá gosto de embarcar.

 

Lesser Known (2011)

 

Nota: 7.4
Para quem gosta de: Dan Deacon, Neon Indian e Twin Shadow
Ouça: Rio

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/tracks/10716024″]