""

Ano:
Selo:
Gênero:
Para quem gosta de:
Ouça:
Nota:

Disco: The Terror of Cosmic Loneliness

Tony Da cheap NFL jerseys Gatorra Vs. Gruff Rhys
Psychedelic/Alternative/Electronic
http://www.myspace.com/gruffrhys24hrs
http://www.myspace.com/tonydagatorra

Que Gruff Rhys curte um wholesale Cleveland Browns jerseys baseado e é chegado em drogas ilícitas e outras substâncias tóxicas, isso todo mundo sabe e até aprova. Parte das viagens do cara é o wholesale Arizona Cardinals jerseys que dá origem aos discos болгох do Super Furry Animals e criam aquele ambiente psicodélico wholesale NBA jerseys pop e as letras nonsenses. Porém, enquanto os discos na banda assim como iPhone o trabalho solo de Rhys são uma perfeita good trip, o projeto em parceria com o brasileiro Tony da Gatorra é uma bad trip total.

Além da sonoridade ruim (não me venha chamar de Lo-Fi que aquilo é ruim mesmo) as músicas de Rhys parecem efter repetitivas ou sobras inúteis de algum disco do Super Furry Animals. Já em se tratando de Tony da Gatorra o revolucionário inventor da… Gatorra, a situação é ainda pior. As músicas são velhas conhecidas do artista o que não traz nenhum ineditismo ao disco. As letras que tratam de problemas sociais se tornam repetitivas já na primeira audição.

Mesmo quando tenta focar no experimentalismo do disco, como na faixa OVNI, a sonoridade é visivelmente uma forçada tentativa de dar status Cult ao trabalho. Ao término do disco o ouvinte fica desnorteado, sem saber se o que acabou de ouvir deve ser levado a sério ou é um infeliz encontro entre dois músicos que não sabiam ao certo o que estavam fazendo.


The Terror of Cosmic Loneliness (2010)

1. O Que Tu Tem In
2. In a House With No Mirrors
3. Espirito Luz
4. Oh Warra Hoo!
5. Eu Protesto
6. Ovni
7. Voz Dos Semterra
8. 6868
9. Rap Verdade
10. (Peidiwch Ac) Ovni

Nota: 2,0
Para quem gosta de: Drogas, Ficar entediado e perder tempo
Ouça: …

Veja também:

Disco: “Hearts”, I Break Horses

.yuzo_related_post img{width:120px !important; height:110px !important;}
.yuzo_related_post .relatedthumb{line-height:15px;background: !important;color:!important;}
.yuzo_related_post .relatedthumb:hover{background:#fcfcf4 !important; -webkit-transition: background 0.2s linear; -moz-transition: background 0.2s linear; -o-transition: background 0.2s linear; transition: background 0.2s linear;;color:!important;}
.yuzo_related_post .relatedthumb a{color:!important;}
.yuzo_related_post .relatedthumb a:hover{ color:}!important;}
.yuzo_related_post .relatedthumb:hover a{ color:!important;}
.yuzo_related_post .yuzo_text {color:!important;}
.yuzo_related_post .relatedthumb:hover .yuzo_text {color:!important;}
.yuzo_related_post .relatedthumb{ margin: 0px 0px 0px 0px; padding: 5px 5px 5px 5px; }

jQuery(document).ready(function( $ ){
//jQuery(‘.yuzo_related_post’).equalizer({ overflow : ‘relatedthumb’ });
jQuery(‘.yuzo_related_post .yuzo_wraps’).equalizer({ columns : ‘> div’ });
})

Veja também:


One thought on “Disco: The Terror of Cosmic Loneliness

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend