E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante: “Como aquilo que não se repete”

 

Em maio deste ano, os integrantes da banda paulistana E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante deram uma primeira mostra do aguardado álbum de estreia da carreira com a inédita Daiane. Um ato de profunda entrega, explosivo, como uma parcial fuga do som originalmente testado pelo quarteto durante o lançamento do EP Vazio (2014) ou mesmo nas duas metades do single Medo de Morrer / Medo de Tentar, entregue ao público em meados de 2016.

A mesma intensidade se reflete com naturalidade na também inédita Como aquilo que não se repete. Também parte do aguardado debute da EATNMPTD, a nova faixa parece jogar com os instantes, colidindo desde interferências eletrônicas até guitarras rápidas que parecem saídas de algum lugar nos anos 1990. Em entrevista à Vice, o grupo comentou sobre o processo de gravação do trabalho e a estrutura montada para a nova faixa.

 

E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante – Como aquilo que não se repete


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend