Esya: “Absurdity of Being”

 

Como baixista do Savages, Ayse Hassan passou os últimos anos se aprimorando na composição de obras densas e sombrias, caso de Silence Yourself (2013) e a mais recente delas, Adore Life (2016). Longe de parecer uma surpresa, é exatamente esse tipo de som que a artista britânica busca se aprofundar no primeiro trabalho em carreira solo, o EP Absurdity of Being (2017), obra em que se apresenta ao público sob o título de Esya.

São quatro composições inéditas – Lost, Obsolete, It’s Me e Sense of Reality –, em que a artista sutilmente rompe com o pós-punk do Savages para provar de melodias sintéticas. Canções em que Hassan vai do rock industrial do Nine Inch Nails ao mesmo trip-hop de artistas como Goldfrapp e outros nomes recentes da música eletrônica, como Jessy Lanza e Inga Copeland. Chris Turner é quem assina a direção do primeiro clipe do trabalho.

 

Esya – Absurdity of Being

 

Esya – Lost


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend