Fennesz: “Static Kings”

Fennesz

.

Ainda que tenha se aventurado em uma série de registros colaborativos e outros inventos autorais, Black Sea, último grande lançamento do austríaco Christian Fennesz foi lançado há mais de meia década, em novembro de 2008. Inspiração para grande parte dos produtores e grandes instrumentistas da ambient music atual – entre eles Daniel Lopatin (Oneohtrix Point Never) e Mark McGuire (ex-Emeralds), o criador da obra-prima Endless Summer (2001) retorna ao selo Editions Mego, para apresentar o mais novo trabalho de sua carreira: Bécs.

Em formação desde o último ano, e apresentado há poucas semanas, com o lançamento da faixa The Liar, o trabalho encontra na recém-lançada Static Kings um ponto de aprimoramento e natural continuação da obra do produtor. Menos sombria que a canção anterior, a nova faixa embarca nas mesmas colisões ensolaradas que lançaram o trabalho de Fennesz há mais de uma década. São guitarras pontuais, pequenos acréscimos eletrônicos e distorções orquestradas com calmaria, premissa para o que deve abastecer na íntegra o novo álbum do artista – anunciado oficialmente para o dia 29 de abril.

.


Fennesz – Static Kings