Floating Points: “LesAlpx”


Longe de qualquer traço de linearidade, cada novo trabalho entregue por Sam Shepherd como Floating Points parece transportar o ouvinte para um novo território criativo. Do uso de ritmos regionais, nos dois primeiros EPs de inéditas, passando pela atmosfera jazzística de Elaenia – 47º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2015 –, até alcançar o experimentalismo psicodélico de Reflections – Mojave Desert (2017), nítida é a capacidade do artista britânico em se adaptar ao uso de novos conceitos e possibilidades.

Com LesAlpx não poderia ser diferente. Primeira parte de um single duplo que o produtor lança no próximo mês, a canção não apenas se distancia dos últimos registros de Shepherd, como reflete a capacidade do artista em mergulhar na composição de temas puramente dançantes. Intensa e crescente, a nova faixa parte de uma composição atmosférica, lembrando os sintetizadores utilizados por Vangelis na trilha sonora de Blade Runner (1982), porém, sutilmente passa a dialogar com a obra de conterrâneos como Four Tet e Jon Hopkins.


Floating Points – LesAlpx


Leave a Reply