Florence + The Machine: “My Best Dress” / “Donkey Kosh”


Em um ano de grandes lançamentos, como Two Suns (2009), da Bat For Lashes, It’s Blitz, do Yeah Yeah Yeahs, e a estreia do The xx, Florance + The Machine fez do primeiro álbum de estúdio da carreira, o elogiado Lungs (2009), o princípio de uma carreira bem-sucedida. Dez anos após o lançamento do registro, a cantora e compositora britânica anuncia a chegada de uma edição comemorativa do álbum. Na versão física do trabalho, um vinil colorido, uma fita cassete e um LP duplo com uma seleção de demos nunca antes apresentadas ao público.

Para o anúncio do trabalho, a cantora decidiu revelar ao público não apenas uma, mas duas composições inéditas que recheiam essa coletânea. De um lado, a crueza de Donkey Kosh, música guiada apenas pela voz e uso impreciso do violão. No outro, a entrega sentimental de My Best Dress, música que reflete parte da melancolia explícita em grande parte das canções de Lungs. O último álbum de estúdio da cantora é o mediano High as Hope (2018), obra que contou com a colaboração de nomes como Jamie XX, Kamasi Washington, Sampha e Tobias Jesso Jr.


Florence + The Machine – My Best Dress


Florence + The Machine – Donkey Kosh