Forest Swords: “The Highest Flood”

 

Responsável por duas obras de peso da música experimental inglesa – Dagger Paths (2010) e Engravings (2013) –, Matthew Barnes parece manter um ritmo bem controlado na produção de novos lançamentos. Passado o último álbum de estúdio, o produtor britânico levou três anos até aparecer com um registro de inéditas, Shrine (2016), trilha sonora feita sob encomenda do projeto Boiler Room para um espetáculo de dança coreografado por Carmel Koster.

Parte do novo álbum de inéditas do artista – ainda sem título e data de lançamento –, a inédita The Highest Flood indica uma forte transformação no som produzido por Barnes. Entre batidas, vozes e sintetizadores crescentes, o produtor inglês se distancia do dub psicodélico dos primeiros registros para produzir um material essencialmente dançante. Não se trata de algo “acessível”, entretanto, difícil não ser atraído pelo som que escapa de cada fragmento da canção.

 

Forest Swords – The Highest Flood

Veja também:


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend