Frances Quinlan: “Now That I’m Back”


De todas as grandes compositoras que assumiram uma posição de destaque na última década, como Lucy Dacus, Frankie Cosmos e Phoebe Bridgers, Frances Quinlan segue como uma das mais interessantes. Conhecida pelo trabalho como vocalista e principal articuladora do grupo Hop Along, a cantora e compositora norte-americana deu vida a três ótimos álbuns de estúdio, Get Disowned (2012), Painted Shut (2015) e o mais recente deles, Bark Your Head Off, Dog (2018), anunciando para janeiro do próximo ano a chegada do primeiro álbum em carreira solo: Likewise (2020).

São oito composições autorais e uma inusitada releitura do clássico Carry The Zero, uma das principais músicas do Built To Spill. Há poucas semanas, a multi-instrumentista revelou ao público a inédita Rare Thing, canção que passeia pelo rock produzido na década de 1990 e sintetiza parte das experiências que marcam o registro. Interessante perceber na recém-lançada Now That I’m Back, mais recente criação de Quinlan a passagem para um novo universo criativo. Sintetizadores, ruídos e vozes carregadas de efeitos que mostram a completa versatilidade da artista.

Likewise (2020) será lançado em 31/1 via Saddle Creek.


Frances Quinlan – Now That I’m Back