Gorduratrans: “Paroxismos”

 

Dois anos após o lançamento do primeiro álbum de estúdio da dupla carioca gorduratrans, Repertório Infindável de Dolorosas Piadas (2015), Felipe Aguiar (guitarra e voz) e Luiz Felipe Marinho (bateria e voz) estão de volta com um novo registro de inéditas. Intitulado Paroxismos (2017), o trabalho de 10 faixas segue a trilha da obra apresentada pelo finado selo Bichano Records. Uma comunhão (suja) entre guitarras, batidas e vozes.

Com referências que incluem My Bloody Valentine, Slowdive, Elliott Smith e Jeff Buckley, Paroxismos encontra na primeira metade da década de 1990 grande parte das referências que acompanham o ouvinte durante durante toda a execução da obra. Em entrevista ao jornalista Lucas Breda, da Rolling Stone Brasil, a dupla carioca detalhou grande parte do processo de formação do disco, influências e colaborações ao longo do trabalho.

 

Gorduratrans – Paroxismos