Grizzly Bear: “Three Rings”

 

Ed Droste, Daniel Rossen, Christopher Bear e Chris Taylor nunca pareceram seguir uma fórmula ou regra específica com o Grizzly Bear, entretanto, difícil não se surpreender com a transformação em Three Rings. Primeira composição inédita da banda nova-iorquina desde Shields – 3º lugar na nossa lista dos 50 Melhores Discos Internacionais de 2012 –, o registro dominado pelas batidas e melodias crescentes abre passagem para o novo álbum de inéditas do grupo, previsto para os próximos meses.

Da percussão forte que inaugura a faixa, lembrando em alguns aspectos do Radiohead em There, There, passando pela seleção de guitarras que encolhem e crescem a todo instante, lentamente o ouvinte é conduzido pela banda a seguir em um labirinto de possibilidades e melodias soturnas. Um som hipnótico, convidativo, efeito reforçado pelos sintetizadores etéreos e vozes delicadamente encaixadas no interior da faixa, polimento similar ao material produzido pela banda em Veckatimest (2009),

 

Grizzly Bear – Three Rings

Veja também:


2 thoughts on “Grizzly Bear: “Three Rings”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send this to friend