Ian Sweet: “Sing Till I Cry” / “Drink The Lake”


Cantora e compositora estadunidense, Jilian Medford anuncia para o início de março a chegada do terceiro álbum de estúdio como Ian Sweet. Intitulado Show Me How You Disappear (2021), o registro que conta com distribuição pelo selo Polyvinil, nova casa da artista, teve algumas de suas composições, como Power, Sword e Dumb Driver, apresentadas ao público ainda no último ano. Entretanto, é na sequência composta por Sing Till I Cry e Drink The Lake, dois dos lançamentos mais recentes de Medford, que a guitarrista original da cidade de Los Angeles de fato mostra a que veio.

Naturalmente íntima de outros nomes recentes da cena norte-americana, como No Joy e Lomelda, Medford se concentra na produção de um material marcado pelo de texturas e incontáveis camadas de guitarras. São ruídos e distorções sempre delirantes, estrutura que se completa pelo lirismo confessional da artista californiana. Além do material que integra o fino repertório de Show Me How You Disappear, Ian Sweet conta com outros dois trabalhos de estúdio. É o caso do introdutório Shapeshifter (2016), entregue há quase cinco anos, o e mais recente deles, o ótimo Crush Crusher (2018).


Show Me How You Disappear

01 My Favorite Cloud
02 Drink The Lake
03 Sword
04 Dirt
05 Sing Till I Cry
06 Dumb Driver
07 Get Better
08 Power
09 Show Me How You Disappear
10 I See Everything

Show Me How You Disappear (2021) será lançado em 5/3 via Polyvinyl.




Ian Sweet – Sing Till I Cry / Drink The Lake