Iceage: “Broken Hours”

 

Quem acompanha o trabalho do Iceage não tem do que reclamar. Quatro anos após o lançamento do ótimo Plowing Into the Field of Love – 19º colocado na nossa lista dos50 Melhores Discos Internacionais de 2014 –, o grupo dinamarquês comandado pelo músico Elias Bender Rønnenfelt veio a público para anunciar a chegada do quarto álbum de inéditas na carreira da banda, o intenso Beyondless (2018). Um dos grandes exemplares do rock alternativo desde ano, o registro conta agora com a complementar Broken Hours.

Possivelmente deixada de fora do trabalho, a faixa convida o ouvinte a se perder pelo mesmo universo ruidoso que orienta as canções detalhadas em Beyondless. São pouco mais de quatro minutos em que a voz berrada de Rønnenfelt se espalha em meio a camadas de ruídos e batidas inexatas, reflexo da profunda entrega (e insanidade) do grupo dinamarquês. Há poucas semanas, a banda revelou ao público a também inédita Balm of Gilead, parte de um compacto de 7″ concebido em parceria com o grupo norte-americano Black Lips.

 

Iceage – Broken Hours