Iconili: “Sete Fluidos”


O ano de 2019 ainda nem começou, mas já reserva ao público uma série de obras importantes que devem ser reveladas logo no primeiro semestre. É o caso do novo álbum de estúdio do coletivo mineiro Iconili. Sequência ao elogiado Piacó – 35º colocado em nossa lista com os 50 Melhores Discos Brasileiros de 2015 –, o trabalho que conta com apoio da Natura Musical será entregue no início de janeiro e acaba de ter seu primeiro single apresentado: Sete Fluidos.

Misto de sequência e criativa desconstrução do material entregue há três anos, a nova faixa sustenta no uso complementar da voz um novo e curioso desdobramento do afropop colorido que vem sendo incorporado pelo coletivo desde o início da carreira. São colagens instrumentais, batidas e vozes atmosféricas, por vezes tribais, que fazem lembrar o trabalho do saxofonista Kamasi Washington no mágico Heaven and Earth (2018), lançado há poucos meses.

Formado na cidade de Belo Horizonte no início da década, o Iconili hoje conta com a presença dos músicos André Orandi (teclado e sax alto), Chaya Vazquez (percussão), Gustavo Cunha (guitarra e sintetizadores), Henrique Staino (sax tenor e soprano), Josi Lopes (voz), João Machala (trombone), Lucas Freitas (sax barítono e clarone), Mateus Bahiense (bateria), Rafa Nunes (percussão), Rafael Mandacaru (guitarra e theremin) e Willian Rosa (baixo)


Iconili – Sete Fluidos