Infiniti: “1-2”

Nissan

.

Torn Hawk é o típico caso de um artista estranho – muito estranho. Produtor musical e interessado na construção de projetos visuais essencialmente perturbadores, o artista norte-americano acaba de dar vida a mais um novo trabalho que reforça a mesma arquitetura desconsertante: Infiniti. Espécie de “trilha sonora inspirada na série de carros de luxo da Nissan”, o projeto usa da coleção de ambientações brandas como a matéria-prima para a construção das faixas.

Em 1-2, primeira da série de quatro faixas que integram o disco M30, o produtor segue as pistas de Oneohtrix Point Never e outros partidários da mesma esquizofrenia musical. São instantes bem distribuídos de ruídos e arranjos climáticos trabalhados de forma homogênea. Um passeio pelo drone, emanações Lo-Fi e um conjunto de experiências que, se não fossem pela estranheza do projeto, seriam encarados com maior naturalidade.

.


Infiniti – 1-2