It Looks Sad: “Creature”

.

Vocal “dramático”, no melhor estilo Sunny Day Real Estate e WU LYF, guitarras que crescem e encolhem a todo instante, emulando o pós-hardcore da década de 1990, isso sem esquecer da estranha atmosfera de “Indie-Rock-dos-anos-2000” que invade a mente do ouvinte com nostalgia, sem grandes dificuldades. Em pouco mais de três minutos de duração, incontáveis são as referências que explodem e se espalham no interior de Creature, mais recente faixa lançada pelo quarteto da cidade de Charlotte, Carolina do Norte, It Looks Sad.

Uma das metades digital-single Kaiju, a canção de versos amargos vai muito além do grito de um jovem adulto, discutindo solidão e isolamento sem necessariamente parecer uma composição tola. Montada em cima de uma base muito mais complexa em relação ao single anterior do grupo, Ocean, a nova faixa reforça um claro amadurecimento do quarteto em um curto período de tempo.

.


It Looks Sad – Creature