Jasmim: “Culto da Brisa”


Original de Lisboa, capital de Portugal, Jasmim é um delicado projeto de dream pop e pop psicodélico marcado pela leveza dos arranjos, sentimentos e vozes detalhadas a cada nova composição. Formado pelos músicos Martim Braz Teixeira (voz, guitarras e teclados), Violeta Azevedo (flauta transversal e teclados), Bia Diniz (baixo) e Pedro (bateria), o grupo lançou na última semana o primeiro álbum de estúdio da carreira, Culto da Brisa (2019), seleção que conta com nove composições inéditas e estruturas marcadas pela construção de verdadeiras paisagens instrumentais.

Entre as composições que recheiam o disco, faixas como a já conhecida Inverno, música que ainda chega acompanhada de um ótimo videoclipe; o som acústico de Vai Nascer, canção que vai do Fleet Foxes à obra de Milton Nascimento, e a cósmica Ouro, Prata e Jasmim, pouco menos de sete minutos de pura melancolia e refinamento estético. Um refúgio criativo que costura quatro ou mais décadas de referências em uma linguagem própria da banda lisboeta. Além do presente álbum, há dois anos o grupo apresentou o EP Oitavo Mar (2017), com outras cinco criações inéditas.


Jasmim – Culto da Brisa