Jay Som: “Simple”


Melina Duterte não parece ter pressa para produzir um novo álbum de estúdio como Jay Som. Dois anos após o lançamento do elogiado e ainda pouco conhecido Everybody Works – 30º colocado na nossa lista dos 50 Melhores Discos Internacionais de 2017 –, a cantora e compositora norte-americana segue com a produção de faixas esporádicas e músicas cada vez mais espaçadas, como o single Pirtouette e, mais “recentemente”, Hot Bread, criação entregue ao público no dia dos namorados do último ano.

Convidada a fazer parte da nova safra de artistas que integram a coletânea Adult Swim Singles, por onde passaram recentemente Dawn Richard, Hatchi, Com Truise e Wye Oak, Duterte revelou ao público uma das composições mais sensíveis do projeto: Simple. Marcada pela economia dos arranjos, melodias e vozes, a faixa se espalha em meio a temas eletrônicos e captações caseiras que apontam para a cena alternativa dos anos 1990, como um diálogo com a obra de Elliott Smith e demais veteranos do gênero.


Jay Som – Simple


Leave a Reply

Send this to friend