Jonathan Tadeu: “Penso e Perco Tempo”


Responsável por uma sequência de obras marcadas pela profunda honestidade dos versos, como Queda Livre — 7º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Brasileiros de 2016 –, Filho do Meio (2017) e Sapucaí (2018), Jonathan Tadeu anuncia para o fim de setembro a chegada de um novo trabalho de estúdio: Intermitências (2020). Primeiro registro de inéditas do cantor e compositor mineiro em dois anos, o álbum produzido e gravado de forma totalmente caseira, durante os meses de maio e junho deste ano, deve reforçar o lado existencialista e doce melancolia do artista.

Exemplo disso está na recém-lançada Penso e Perco Tempo, faixa dominada pela angústia dos versos e arranjos sujos, lembrando as criações de Sparklehorse e Cat Power no final dos anos 1990. “Muitas escolhas na cabeça / Eu só quero uma que acalme a minha mente“, canta enquanto prepara o terreno para o refrão cíclico e sufocante: “Eu só quero ir do início até o final / Eu penso e perco tempo“. Sequência ao material apresentado na ainda recente Éramos Jovens Emocionados, a canção chega acompanhada de um vídeo com imagens de Richardyson M T e edição do próprio músico.

Intermitências (2020) será lançado em 28/9 via Geração Perdida.




Jonathan Tadeu – Penso e Perco Tempo