Jorja Smith: “By Any Means”


Dois anos depois de lançado e Lost & Found — 30º colocado em nossa lista com Os 50 Melhores Discos Internacionais de 2018 —, segue como uma das obras mais importantes do R&B na última década. Estreia de Jorja Smith, o trabalho que revelou músicas como February 3rd e Teenage Fantasy continua a ecoar em outras criações da cantora e compositora inglesa, caso da ainda recente Be Honest, bem-sucedida colaboração com Burna Boy, ou mesmo em músicas curiosas, caso de Kiss Me In The Morning, faixa interpretada sob encomenda para The Eddy, novo seriado da Netflix.

Sem tempo para descanso, a artista inglesa está de volta com mais uma composição inédita: By Any Means. Marcada pela força dos versos e entrega da artista, a canção faz parte da nova coletânea da Roc Nation, Reprise (2020), trabalho que terá a renda revertida para auxiliar na recuperação de vítimas de violência policial. “A inspiração por trás da música realmente veio da ir ao protesto do Black Lives Matter e pensar: o que posso fazer para manter essa conversa em andamento? Não é apenas um post nas mídias sociais, são vidas“, respondeu no texto de apresentação da faixa. Ouça:



Jorja Smith – By Any Means

Jornalista, criador do Miojo Indie e integrante do podcast Vamos Falar Sobre Música. Já passou por diferentes publicações de Editora Abril, foi editor de Cultura e Entretenimento no Huffington Post Brasil, colaborou com a Folha de S. Paulo e trabalhou com Brand Experience e Creative Copywriter em marcas como Itaú e QuintoAndar. Pai do Pudim, “ataca de DJ” nas horas vagas e adora ganhar discos de vinil de presente.