Kelsey Lu: “Blood”


Mesmo com a boa repercussão em torno do último EP de inéditas, o excelente Church (2016), Kelsey Lu decidiu esperar até o lançamento do primeiro álbum de estúdio da carreira. De lá para cá, a cantora e compositora norte-americana não apenas revelou ao público uma sequência de músicas delicadas, caso de Shades of Blue, como esteve envolvida na produção de obras importantes como Freetown Sound (2016), de Blood Orange, Take Me Apart (2017), da Kelela, ou mesmo o experimental Age Of (2018), de Oneohtrix Point Never.

Interessante perceber nas canções de Blood (2019), primeiro álbum de estúdio da cantora, incontáveis fragmentos vindos de todos esses projetos em que esteve envolvida criativamente. Entre composições já conhecidas, como o R&B atmosférico de Due West ou mesmo a versão para I’m Not In Love, clássico de 1975 produzido pelo grupo de soft rock 10cc, Kelsey Lu brinca com a construção da própria identidade musical. São ambientações orquestrais, batidas densas e vozes que convidam o ouvinte a se perder em um universo de emanações sentimentais.


Kelsey Lu – Blood